Sabe-se que nos últimos tempos que a percentagem de crimes e assaltos registados no país são realizados a mão armada (com armas).

Segundo o comandante geral da PRM Bernardino Rafael ‘’a maioria das armas que os criminosos possuem são adquiridas das nossas unidades polícias e quartéis, e outras são de origem Sul Africana’’ e acrescentou também que os criminosos adquirem as armas através de algumas empresas de segurança do país.

Bernardino Rafael comandante geral da PRM fez esse comunicado na sua visita a trabalho na província de Nampula no posto administrativo de mutomote num encontro com a população no âmbito de preparar a população para a campanha eleitoral, respondendo assim algumas preocupações dos munícipes desta cidade.

Bernardo Rafael também incentivou a população a contribuir para detenção desses malfeitores que assombram a cidade a mão armada e a denunciar os polícias que fazem parte da corporação que fornecem armas de fogo a malfeitores para cometerem assaltos a mão armada pela cidade.

E também fez lembrar a população que a policia esta trabalhando para identificar e penalizar esses agentes que compactuam com a criminalidade no país, tendo em conta que mais de 15 agentes da policia foram afastados da corporação por estarem envolvidos em esquemas ilegais só no primeiro semestre deste ano.

Sendo que nos últimos anos o número de polícias envolvidos em quadrilhas e esquemas ilegais tem vindo a crescer bastante no país deixando a população apavorada por não saber a quem deve confiar para a sua segurança.