José Mourinho não está a viver um ambiente fácil no início da terceira época como treinador do Manchester United.

“Se continuar assim, Mourinho vai ser despedido antes do Natal”, diz Lee Sharp

Depois da derrota frente ao Brighton & Hove Albion, no domingo, o técnico português tem sido alvo de palavras com tom crítico da parte de antigos jogadores dos red devils.

Na opinião de Mourinho, esta situação acabou com qualquer hipótese de competir com o Manchester City pela conquista do título inglês, que já escapa aos red devils desde a temporada

A relação entre José Mourinho e a direcção do Manchester United estará pior do que nunca, após a falta de reforços assegurados pelo director executivo Ed Woodward durante o mercado de transferências

 

O principal foco de descontentamento do treinador português estará relacionado com o facto de não lhe ter sido concedido um defesa-central, isto apesar de ter pedido a contratação de Harry Maguire (Leicester City) ou Toby Alderweireld (Tottenham) com meses de antecedência.

A frustração do técnico terá atingido tal dimensão que, segundo escreve, esta sexta-feira, o jornal britânico Mirror, este terá deixado um desabado junto do seu círculo mais próximo: “Em qualquer outro trabalho, em qualquer outro clube, já me tinha demitido”.

O Manchester United, recorde-se, contratou apenas três novos jogadores para a temporada  Diogo Dalot, Fred e Lee Grant. O primeiro chegou do FC Porto lesionado, ao passo que o segundo será suplente do titular David De Gea

“Estou a contar que o treinador (Mourinho) será despedido antes do Natal. Se ele continuar com a atitude que tem, então as pessoas à sua volta vão dizer que com esse tipo de comportamento não será possível regressar ao topo e que vão ser necessárias mudanças.

“Não acho que exista um problema pessoal entre Pogba e Mourinho. Não acredito nisso. Acho que talvez exista um problema entre Pogba e o clube acerca de quem é o maior

A situação em torno de Pogba também mereceu críticas, desta feita do antigo internacional inglês Danny Mills.. Se estivesse o Alex Ferguson ele não iria tolerar esta situação e acho que ele já teria partido. O Ferguson também tinha a capacidade de trazer melhores jogadores quando, por exemplo, mandou sair Jaap Stam e contratou Rio Ferdinand”, referiu Mills

Fonte:Noticiasaominuto